Erros de instalação: problemas que podem ocorrer ao executar um projeto do sistema fotovoltaico

A equipe da Ideia Energia Solar explica quais são os principais erros de instalação que pode ocorrer e o que fazer para evitá-los


Erros de instalação: problemas que podem ocorrem ao executar um projeto do sistema fotovoltaico

Tão importante quanto focar nas vendas, é garantir a qualidade no sistema fotovoltaico que você está oferecendo ao cliente. Por isso, é fundamental atentar para os erros de instalação que podem ocorrem, que acabam impactando no desempenho da usina.

Muitos erros surgem ainda no dimensionamento e o cliente não é alertado sobre isso. Quando esse tipo de problema ocorre, os processos da instalação também ficam comprometidos.

Para falar sobre o assunto, o nosso blog convidou a equipe da Ideia – Energia Solar, com Bárbara Rodrigues, Edgard Soares e Felipe Roberti. Confira:

Os principais erros de instalação que podem ocorrer

Segundo Felipe Roberti, que é gerente de projetos na Ideia, os principais problemas encontrados estão relacionados à geração. Muitas vezes não está compensando nem gerando o esperado, devido a um mau dimensionamento.

Muitas vezes o integrador faz uma proposta sem realizar uma visita técnica e analisar questões como o sombreamento, a direção de telhado, inclinamento, entre outros fatores que influenciam na geração. Quando chega na instalação, o projeto não consegue atender a necessidade do cliente.

Algumas empresas sempre consideram as condições perfeitas e não é assim que acontece. Os telhados de hoje não foram feitos pensados para adaptação ao fotovoltaico. Então não são todos telhados voltados para o norte que têm a melhor angulação, que tem o tamanho para comportar as placas. Tudo isso pode gerar erros de instalação.

Cada cliente é específico e, por isso, ele precisa de um atendimento personalizado. Contudo, não é bem isso que acontece na maioria das empresas. Na pressa de fechar o negócio, o integrador às vezes fica com medo de chegar para o cliente e falar que infelizmente o projeto contemplava que o telhado era perfeito, mas isso não aconteceu na prática e é preciso entregar uma compensação, o que aumentará o valor do projeto.

Por mais que haja esse medo em perder o cliente, ele vai estar garantindo que suprirá essa necessidade. Não adianta fazer o valor mais barato, porque ao longo do tempo ele vai estar pagando a conta do mesmo jeito. 

O que fazer para contornar um problema/erro de instalação

Felipe Roberti relata que até hoje, a Ideia nunca teve problema em suprir a necessidade do cliente, pois sempre houve um grande cuidado com o dimensionamento. A empresa sempre costuma colocar placas a mais, considerando que ela possui uma degradação com o tempo. 

A garantia de eficiência em 25 anos é de 80%. Então ele já considera que ao longo dos anos haverá essa perda, mas que mesmo assim ele continuará suprindo o cliente. 

Felipe relata que chegou a receber solicitações de clientes de outras empresas, em que o projeto estava parado há muito tempo. A instalação tinha sido feita antes da homologação e o cliente achava que o problema estava na concessionária. 

Ao pegar um problema que vem de uma outra empresa, o gerente de projetos da Ideia afirma que é preciso estudar, ver qual foi a proposta apresentada para o cliente, se a usina era para estar gerando o normal. Bem como, ver se o problema é com o equipamento, antes de julgar que ele está no dimensionamento. 

Com essa análise, é possível ver se é preciso adicionar mais placas, dimensionar o projeto, etc. Se a responsabilidade for da Ideia Energia Solar, por ter prometido determinada geração e o sistema não está gerando, por não ter sido considerado alguns fatores de perda, esses problemas são assumidos. Se for de outra empresa, é preciso buscar o melhor caminho para solucionar. 

O que fazer para evitar esse tipo de erro

A principal dica dada por Felipe Roberti é sempre fazer a visita no local, para ver as reais condições. Porque às vezes você está olhando ali por cima, no google, vendo as imagens do satélite, mas não sabe se a imagem está atualizada, se tem alguma casa maior do lado, se tem sombreamento, por exemplo. Tudo isso pode prejudicar bastante e ocasionar erros de instalação.

É importante sempre fazer a visita e o dimensionamento de acordo com cada cliente. Não é porque alguém precisará de 300 kW, que o outro terá a mesma necessidade. Não existe uma tabelinha da geração para todos os clientes, porque cada um deles tem um atendimento personalizado.

Como um pós-venda pode ajudar na eficiência do sistema, após a instalação

Na visão de Edgard Soares, responsável pelo setor comercial da empresa, o pós-venda é um ponto em que todos os clientes vão falar, porque é onde as empresas do mercado solar mais consumam falhar. Todos querem vender, mas não oferecem o suporte ao cliente depois. 

Desde a primeira abordagem, até chegar ao pós-venda, tem um processo que é complexo, e a empresa precisa estar bem estruturada para atender às expectativas. Os clientes vão ter atendimentos tanto na primeira visita, como após a instalação. 

É preciso sempre explicar ao cliente sobre a geração dele, quando o desempenho cai em determinadas épocas do ano, por fatores como a chuva ou a poeira trazida por ventos. O pós-venda tem que ser muito ativo para deixar tudo isso claro.

Isso é muito importante, porque boa parte das vendas no setor fotovoltaico ocorrem por indicação e o cliente só indica quando está satisfeito. É preciso treinar alguém para o setor de pós-venda e realizar essas ações, porque isso vai fazer diferença. 

Edgard afirma que muitas vezes o cliente aposta um valor significativo na empresa e não sabe nada sobre o processo de instalação. Para evitar esse problema, a Ideia considera uma régua de comunicação, informando todo o passo a passo do processo. Também são mostrados relatórios de geração pelo período de dois meses, após a instalação, para que o cliente fique consciente do desempenho da usina e tenha a assistência que precisar.

3 comentários em “Erros de instalação: problemas que podem ocorrer ao executar um projeto do sistema fotovoltaico”

  1. claudio oliveira

    Após instalação da minha usina, o consumo mensal quase triplicou. Minha média era em torno de 450 kw/mês e hoje chega acima de 1.200 kw/mês. Não houve nenhuma alteração na rotina de utilização de energia..Podem me ajudar ?

  2. Bom dia
    Esclarecimentos muito bom.
    Porem, existe clientes que procuram preço, e não qualidade. É ai onde está o problema.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.